Leis
Dúvidas?

Entre em contato através dos telefones (22) 2561-1237 ou (22) 2561-1247, das 08:00h às 16:00h.

Ou nos envie uma mensagem através do canal Ouvidoria.

Buscar Leis
Informações sobre o arquivo
Lei Municipal nº 2120 de 06/11/2018
Dá Denominação de "Júlio Cesar da Silva – Júlio Gordo" à Quadra de Esportes do Centro Cultural Esportivo "Ginásio Poliesportivo" Waldir Caputo Soares, Nesta Cidade.
O Prefeito do Município de Santa Maria Madalena, Estado do Rio de Janeiro, Faz Saber Que a Câmara Municipal, por Seus Representantes Legais, Aprova e Eu Sanciono a Seguinte...
LEI MUNICIPAL:
Artigo 1º - Passa a denominar-se com o nome de “QUADRA ESPORTIVA JÚLIO CESAR DA SILVA – JÚLIO GORDO” a quadra de esportes do complexo esportivo do Centro Cultural Esportivo Waldir Caputo Soares – Ginásio Poliesportivo, nesta cidade.
Artigo 2º - A Prefeitura, em local a ser definido pela Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura, fará afixar junto à referida quadra, placa contendo o nome de “Quadra Esportiva Júlio Cesar da Silva – Júlio Gordo”, onde constará também uma sucinta biografia do homenageado.
Artigo 3º - O descerramento da placa de que trata o artigo 2º, será feito em evento público a ser programado pela prefeitura Municipal, para a data de 28 de dezembro de 2018, quando estarão sendo assinalados os 10 anos de morte do desportista madalenense – Júlio Cesar da Silva.
Artigo 4º - A presente Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

JUSTIFICATIVA

Na noite do dia 28 de dezembro de 2008, a população madalenense era tomada pela triste notícia do falecimento do madalenense JÚLIO CESAR DA SILVA, popular “JÚLIO GORDO”, quando contava 45 anos de idade e era um dos grandes ativistas do esporte em Santa Maria Madalena.

Julio Cesar da Silva era natural do Município de Santa Maria Madalena, nascido em 28 de abril de 1962, filho de Sebastião Gonzaga da Silva (Tião) e de Denayr da Silva (Dina). Era casado com a madalenense professora Feliciana Santos Silva, com quem tinha dois filhos – Glauber e Sebastião Santos Silva.

Júlio Gordo era Professor formado pela CNEC – Campanha Nacional de Escolas da Comunidade, onde cursou também o segundo segmento do ensino fundamental, enquanto que o primeiro segmento cursou no Colégio Estadual Barão de Santa Maria Madalena.

Durante os dois primeiros governos do Prefeito Arthur Lima Garcia – 1997/2000 e 2001/2004 e no primeiro governo do Prefeito Clementino da Conceição – 2005/2008, exerceu o cargo de Diretor da Divisão de Esportes da Secretaria Municipal de Educação Esporte e Cultura de Santa Maria Madalena, onde ações e eventos importantes destinados a crianças, jovens e adultos eram realizados em todo o município nas mais diferentes modalidades esportivas, sempre contando com o incansável trabalho do inesquecível homenageado, Júlio Cesar da Silva.

O tempo passa e a saudade desse grande cidadão - que era um cara gente boa demais - só faz por aumentar e mais do que nunca o esporte e a população madalenense sentem muito a sua falta, seja como jogador, técnico, coordenador, juiz, bandeirinha, massagista e tudo mais que dependesse dele para que qualquer evento pudesse estar acontecendo em nosso município.

Confiantes no apoio dos caros colegas vereadores, estamos certos de que o presente projeto será aprovado, o que resultará em justo reconhecimento e gratidão à memória desse saudoso Madalenense que muito fez pelo esporte no município de Santa Maria Madalena.

Saudade de Júlio Gordo, sempre!
Plínio Costa Lopes
Vereador
Download em PDF Download em ODT (Texto Aberto) Visualizar em HTML (Página da Web)
Voltar
Leis - Arquivos recentes
Lei Municipal nº 2128 de 13/12/2018
Estima a Receita e Fixa a Despesa para o Exercício de 2019, e dá Outras Providências.
Estima a Receita e Fixa a Despesa para o Exercício de 2019, e dá Outras Providências.
Download em PDF Download em ODT (Texto Aberto) Visualizar em HTML (Página da Web)
Lei Municipal nº 2127 de 13/12/2018
Alteração e Inclusão de Programas e de Receitas no Plano Plurianual de Investimento do Quadriênio 2017-2021, da Lei Municipal Nº 2074 de 22 de Dezembro de 2017, e dá Outras Providências.
Alteração e Inclusão de Programas e de Receitas no Plano Plurianual de Investimento do Quadriênio 2017-2021, da Lei Municipal Nº 2074 de 22 de Dezembro de 2017, e dá Outras Providências.
O Prefeito do Município de Santa Maria Madalena, Estado do Rio de Janeiro, Faz Saber Que a Câmara Municipal, por Seus Representantes Legais, Aprova e Eu Sanciono a Seguinte...
LEI MUNICIPAL:
Artigo 1º - Ficam alterados os Anexos 1 – Fontes de Financiamento, o Anexo 2 – Programas de Governo, Anexo 3 – Unidade de Execução e Ações ao Desenvolvimento do Programa de Governo, e o Anexo 4 - Estrutura de Órgãos, Unidades Orçamentária e Executora, integrante do Plano Plurianual para o quadriênio 2018-2021, demonstrado no anexo constante desta Lei.
Artigo 2º - As alterações constantes do Anexo 1 – Fontes de Financiamento, estão em conformidade com a Portaria nº 340/STN de 26 de abril de 2006 (Publicada no Diário Oficial da União de 28 de abril de 2006).
Artigo 3º - As alterações e inclusões constantes dos Anexo 2 – Programas de Governo, Anexo 3 – Unidade de Execução e Ações ao Desenvolvimento do Programa de Governo, e o Anexo 4 Estrutura de Órgãos, Unidades Orçamentárias e Executoras seguem as necessidades desta municipalidade.
Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação e produzirá os efeitos a partir de 10 de janeiro de 2019, ficando consideradas revogadas todas as disposições que lhe sejam contrárias ou incompatíveis.
Download em PDF Download em ODT (Texto Aberto) Visualizar em HTML (Página da Web)
Lei Municipal nº 2126 de 04/12/2018
Autoriza o Poder Executivo a Adequar a LOA – Lei Orçamentária Anual – de Santa Maria Madalena, Modificando Valor Constante de Suplementação Feita Pela Lei Municipal que Menciona e dá Outras Providências.
Autoriza o Poder Executivo a Adequar a Loa – Lei Orçamentária Anual – de Santa Maria Madalena, Modificando Valor Constante de Suplementação Feita Pela Lei Municipal que Menciona e dá Outras Providências.
O Prefeito do Município de Santa Maria Madalena, Estado do Rio de Janeiro, Faz Saber Que a Câmara Municipal, por Seus Representantes Legais, Aprova e Eu Sanciono a Seguinte...
LEI MUNICIPAL:
Artigo 1º - No artigo 1º da Lei Municipal nº. 2119, de 05 de novembro de 2018, onde se lê o valor de R$ 274.050,00 (duzentos e setenta e quatro mil e cinquenta centavos), constante da Natureza de Receita 17.1.8.10.2.1.01 (Transferências de Convênio da União) Destinadas ao Programa da Educação e Fonte de Recurso Convênio PAR (Plano de Ações Articuladas), leia-se: R$ 1.091,100,00 (hum Milhão, noventa e um mil e cem reais), assim especificado...
Download em PDF Download em ODT (Texto Aberto) Visualizar em HTML (Página da Web)
Lei Municipal nº 2125 de 04/12/2018
Fica suplementado o Orçamento em vigor da Secretaria de Saúde, por anulação, criando elemento de despesa no valor de R$ 33.000,00.
Autoriza o Poder Executivo a Suplementar o Orçamento em Vigor, por Anulação, Criando Elemento de Despesa, Conforme Artigo 41, Inciso 1, Artigo 42 e Artigo 43, Parágrafo 1º, Inciso 3, da Lei 4.320 de 1964.
O Prefeito Municipal de Santa Maria Madalena no uso de Suas Atribuições Legais Faz Saber Que a Câmara Aprovou e ele Sanciona a Seguinte:
LEI MUNICIPAL:
Artigo 1º - Fica o Poder executivo autorizado a suplementar o Orçamento em vigor, por anulação de despesa, criando ainda os elementos de despesa 33.90.30.00, 33.90.39.00 e 44.90.52.00, na fonte de Recurso SUS, no Programa de Trabalho 03.01.10.301.0049.2.435, conforme o seguinte...
Download em PDF Download em ODT (Texto Aberto) Visualizar em HTML (Página da Web)
Lei Municipal nº 2124 de 04/12/2018
Dispõe Sobre a Concessão de Subvenção Social ao Hospital de Cantagalo no Exercício de 2018.
Dispõe Sobre a Concessão de Subvenção Social ao Hospital de Cantagalo no Exercício de 2018.
O Prefeito do Município de Santa Maria Madalena, Estado do Rio de Janeiro, Faz Saber Que a Câmara Municipal, por Seus Representantes Legais, Aprova e Eu Sanciono a Seguinte...
LEI MUNICIPAL:
Artigo 1º - Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a conceder subvenção social ao Hospital de Cantagalo, inscrito no CNPJ sob o nº 29.236.841/0001-84, no exercício de 2018, na forma desta Lei.
Parágrafo Primeiro – A subvenção consistirá no repasse de recursos financeiros no valor global de R$ 276.000,00 (duzentos e setenta e seis mil reais), a serem repassados em 01 (uma) única parcela no valor de R$ 276.000,00 (duzentos e setenta e seis mil reais), referente ao mês de dezembro de 2018.
Artigo 2º - A subvenção ora concedida destina-se ao auxilio financeiro visando à complementação de recursos próprios do Hospital de Cantagalo, para despesas de custeio, resguardando os princípios e diretrizes norteadores do SUS, conforme estabelecidos nos artigo 7º, da Lei 8.080/90 c/c artigo 196/200 da Constituição Federal, visando o atendimento a pacientes do Município de Santa Maria Madalena, encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde, na forma pactuada no Plano de Trabalho.
Artigo 3º - O Poder Executivo Municipal subvencionará a referida Instituição através do elemento de despesa 3.3.50.43.00, constante no Orçamento do Fundo Municipal de Saúde do exercício de 2018.
Artigo 4º - A subvenção somente será repassada depois de cumpridas as exigências contidas na Deliberação nº 277, do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, Decreto Municipal de nº 1.216, de 02 de junho de 2010, Lei de Diretrizes Orçamentárias e demais leis que regem a matéria, sempre precedido de Consulta ao Conselho Municipal de Saúde.
Artigo 5º - A prestação de contas dos recursos concedidos seguirá o estabelecido no Decreto Municipal de nº 1.216/2010.
Artigo 6º - Os recursos repassados, na forma desta Lei, em respeito ao princípio da anualidade estabelecido no artigo 34 da Lei Federal 4.320 de 1964, que preleciona que o exercício financeiro coincide com o ano civil, somente poderão ser utilizados dentro do exercício em que forem empenhados, não podendo ser pagas despesas de exercícios anteriores.
Artigo 7º - Fica o Conselho Municipal de Saúde responsável por acompanhar, supervisionar e fiscalizar o cumprimento desta lei.
Artigo 8º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Download em PDF Download em ODT (Texto Aberto) Visualizar em HTML (Página da Web)